Categoria: Estilo de Vida

Estilo de Vida
Melhor hotel do mundo fica no Brasil; veja outros prêmios brasileiros

O Travellers’ Choice é um prêmio do Tripadvisor que reconhece os estabelecimentos e destinos que têm as melhores avaliações de usuários. Na edição de 2021, o título de melhor hotel do mundo ficou no Brasil: o Hotel Colline de France, em Gramado (RS), ganhou o primeiro lugar no ranking.

O hotel é todo inspirado na França, desde a arquitetura aos pequenos detalhes — o estabelecimento promete “um pedacinho da Europa no Brasil”. O Colline de France conta com 34 suítes inspiradas em marcas mundiais e tem até uma fragrância exclusiva, o Perfum de Colline, que perfuma os ambientes dos quartos.© Fornecido por Go Outside© Fornecido por Go Outside© Fornecido por Go Outside© Fornecido por Go Outside

Leia mais

+ 5 Airbnbs alternativos para quando for possível viajar

+ Coronavírus: é possível viajar na pandemia?

Na categoria melhor Bed and Breakfast, que ranqueia as pousadas, o Brasil também teve um bom posicionamento. A Pousada Gaia Viva, em Igaratá (SP) ficou em 5º lugar mundial. O local é famoso por ser petfriendly, sendo “uma pousada totalmente focada na alegria e bem estar dos doguinhos”, segundo a propriedade.Imagem: Reprodução/Tripadvisor/Pousada Gaia Viva© Fornecido por Go Outside Imagem: Reprodução/Tripadvisor/Pousada Gaia Viva

Destinos premiados

Além de melhor hotel do mundo, o Brasil também garantiu diversos outros títulos nos rankings no Travellers’ Choice de 2021. A cidade de Natal (RN) ficou em 8º lugar na lista de Destinos Mundiais em Alta. Campos do Jordão (SP) também apareceu no ranking, em 20º colocado.

Já na lista de Destinos Promissores, em que o Tripadvisor destacou destinos pouco conhecido, a cidade Armação dos Búzios (RJ) apareceu em 3º lugar. Ubatuba, que fica no litoral norte de São Paulo, ficou em 14º lugar desse mesmo ranking.

A nossa amada Chapada dos Veadeiros (GO) também não poderia ficar de fora dos favoritos de 2021. Ela garantiu o 25º lugar na lista de Melhores Parques Nacionais no mundo todo.

E é claro que Brasil não passaria batido no quesito praias. A Baía do Sancho, no arquipélago de Fernando de Noronha, ganhou o 3º lugar do prêmio Melhores Praias. A Baía dos Golfinhos, na Praia da Pipa (RN) também entrou para o ranking em 10º lugar.

O post Melhor hotel do mundo fica no Brasil; veja outros prêmios brasileiros aparece primeiro no Go Outside.

Estilo de Vida
Tuberculose: o que é, sintomas, tipos, tratamentos e como é a transmissão

tuberculose é uma doença infecciosa causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, mais conhecida como bacilo de Koch. Ela é transmitida através de gotículas respiratórias expelidas por pessoas com a enfermidade ativa. Seus sintomas incluem tosse e febre. O tratamento demora meses, mas é bastante eficaz.

De acordo com um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), foram registrados 10 milhões de casos em 2019, sendo que 1,2 milhão de pessoas morreram. Estima-se que outros 3 milhões de indivíduos tiveram a doença, mas não foram diagnosticados — ou essa comunicação não chegou para as autoridades.

No Brasil, foram 96 mil novos casos e 6,7 mil mortes em 2019. Fazemos parte da lista de 30 países que concentram 90% de todos os diagnósticos no mundo. A enfermidade se concentra em nações mais pobres.

Os tipos de tuberculose

A pneumologista Denise Rossato Silva, da Comissão Científica de Tuberculose da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), conta que há a tuberculose pulmonar e a extrapulmonar. “A diferença é que a pulmonar afeta os pulmões, enquanto a extrapulmonar também atinge outros locais, como pleura, gânglios, meninges, intestino e sistema osteoarticular”, explica.

Essa segunda versão acontece normalmente quando a bactéria sai do sistema respiratório, chega em outros órgãos e provoca estragos por lá.

Quais são os sintomas

Os principais sintomas são tosse — que pode ser acompanhada de sangue —, febre, emagrecimento, perda de apetite e sudorese noturna. A tuberculose extrapulmonar também é marcada por dor nos órgãos atacados pelo bacilo de Koch.

“O tempo da infecção para o surgimento dos sintomas e a duração dos mesmos variam de paciente para paciente. Mas a maioria apresenta melhora significativa após dois meses de tratamento”, informa Denise.

Fatores de risco da tuberculose

“São muitos. Entre os principais, temos tabagismo, diabetes, uso de álcool e outras drogas “, enumera Denise. Doenças que diminuem a imunidade, como a aids, também facilitam a instalação do bacilo de Koch. O mesmo vale para remédios que afetam nosso sistema de defesa.

A tuberculose é mais comum em homens dos 20 aos 49 anos. Além disso, existem populações mais vulneráveis à enfermidade, a exemplo de indígenas e pessoas em situação de rua ou privadas de liberdade. Ambientes pouco ventilados favorecem a disseminação da enfermidade.

Como funciona o diagnóstico

Após a suspeita do quadro, o chamado exame de escarro entra em cena. O paciente basicamente cospe dentro de um recipiente, e o material é avaliado em laboratórios.

Em 2019, o Sistema Único de Saúde (SUS) incorporou o teste rápido molecular (TRM-TB), que é realizado da mesma forma, mas dá o resultado em cerca de duas horas.

Tuberculose tem cura? Como funciona o tratamento

“Tem cura sim, desde que o tratamento seja seguido adequadamente. Ele está disponível somente no SUS”, afirma Denise.

O esquema terapêutico via de regra inclui dois meses de rifampicina, isoniazida, pirazinamida e etambutol. Todas essas substâncias são combinadas em apenas um comprimido, que é engolido diariamente. Em sequência, são receitados apenas rifampicina e isoniazida durante quatro meses.

Uma das maiores dificuldades para controle da tuberculose é o fato de que as pessoas abandonam os medicamentos quando os sintomas somem. Mas isso não significa que a bactéria foi eliminada.

“O paciente que não faz o tratamento adequadamente e até o fim pode desenvolver formas resistentes da doença e até morrer. Além disso, ele segue transmitindo para outras pessoas”, alerta Denise.

Como prevenir

Existem várias medidas para evitar a tuberculose. A primeira é aplicar a vacina BCG nos recém-nascidos na própria maternidade. Se isso não ocorreu por algum motivo, a recomendação é tirar o atraso quanto antes, no máximo até os 5 anos de idade. “O imunizante diminui o risco de desenvolver as formas graves, como a meningite tuberculosa”, pontua Denise.

Outra etapa importante é testar familiares e outros indivíduos que entraram em contato com o paciente diagnosticado. Todos eles precisam fazer o exame do escarro.

É que, mesmo sem sintomas, a pessoa pode ter sido infectada. E há uma possibilidade de a bactéria ficar escondida no corpo por um tempo indeterminado, e aproveitar uma queda na imunidade para disparar seus estragos. Ao diagnosticar precocemente a invasão, em algumas situações já é possível fazer o tratamento para eliminá-la de vez.

Os infectados também devem aderir a algumas medidas de controle, como manter os ambientes bem ventilados e com entrada de luz solar, proteger a boca com o antebraço ou um lenço ao tossir e espirrar, não compartilhar talheres e copos e evitar aglomerações.

Ah, e fique sabendo que quem já pegou a tuberculose não está livre de uma segunda infecção no futuro. Não deixe de procurar o médico caso apresente os sintomas novamente ou se tiver contato com alguém doente.

Estilo de Vida
Quatro super dicas para disfarçar as olheiras no dia-a-dia

É quase inexistente algum sortudo em todo o mundo que nunca acordou com olheiras…

Quer tenham uma aparência arroxeada ou mais para o marrom, essas manchas na pele, que aparecem por baixo dos olhos, são extremamente inestéticas. Podendo ser o resultado de cansaço extremo, de uma noite mal dormida ou insônias constantes e inclusive podem simplesmente advir de uma ‘infeliz’ herança genética…

Mas, não desespere porque a publicação Área de Mulher divulgou algumas dicas para disfarçar as tão temidas e odiadas olheiras:

Use sempre protetor solar

A pele ao redor dos olhos é extremamente fina e delicada, como tal é fundamental aplicar diariamente protetor solar de modo a evitar e até mesmo a disfarçar as olheiras. Tal, deve-se sobretudo ao fato de que se essa zona ficar mais pigmentada, consequentemente as olheiras irão se tornar mais evidentes.

Lave a cara com água fria

Sim, a temperatura da água impacta diretamente no aspecto das olheiras. Por um lado, o vapor e a água quente, destacam a pigmentação escura nessa região do face; por outro lado, a água fria apazigua a derme, ajuda a fechar os poros e não promove o surgimento de manchas escuras por baixo dos olhos.

Aplique sombras nude e brilhantes

Se deseja disfarçar os papos, os profissionais de maquiagem recomendam que dê predileção a sombras em cores nude e com um leve brilho, apenas num tom mais escuro do que o da sua pele. Isso porque os tons mais claro tendem a evidenciar a região escurecida ao redor dos olhos.

Utilize um lápis claro na linha de água

Para disfarçar as olheiras use um lápis branco ou bege na parte de baixo do olho. Não só abre mais o olhar, como o foco de atenção sai, instantaneamente, das zonas escuras.

Estilo de Vida
Arroz doce tradicional com leite condensado. Muito cremoso…

É uma receita portuguesa com certeza. Afinal, quem é que não gosta de um delicioso arroz doce?

Se está entre os ‘gulosos de serviço’ então esta receita de arroz doce com leite condensado, divulgada no site da Nestlé, promete adoçar seu paladar e a sua alma.

Experimente:

Ingredientes

– 1 lata de Leite Condensado Tradicional NESTLÉ;

– 200 g de arroz;

– 1 l de leite 

– 1 pau de canela;

– casca de 1 limão;

– canela em pó para polvilhar a gosto

Preparação

. Leve o arroz ao fogo com o leite, o pau de canela e a casca de limão. Vá mexendo de vez em quando até o arroz estar cozido.

. Junte o leite condensado tradicional e deixe cozinhar mais 5 minutos. Retire o pau de canela e a casca de limão.

. Coloque numa travessa e polvilhe com canela.

Estilo de Vida
Dicas preciosas para limpar sapatos de couro natural e sintético

Todo mundo sabe que não se deve lavar couro natural ou de material sintético. Mas, então, qual é a melhor forma? Fizemos uma lista com cinco dicas para conservar corretamente seus sapatos de couro.

Limpando sujeiras leves

Esfregue cuidadosamente com uma escova de cerdas macias. Limpe com flanela seca e repita o processo toda vez que o sapato sujar. Se o uso for constante, faça isso a cada 15 dias. Jamais use produtos químicos, que podem causar manchas permanentes. Para detalhes de tecido, limpe com escova apropriada ou pano úmido com sabão neutro. Se molhar o sapato acidentalmente, deixe-o secar à sombra.

Para hidratar

Evite receitas caseiras e use produtos recomendados por profissionais. Prefira pastas e cremes naturais e incolores. Faça isso a cada semestre, em média, dependendo da frequência de uso.

Para guardar corretamente

Em saquinhos de TNT, sem empilhar, na mesma posição em que vêm nas caixas, em local arejado e longe do sol e de fontes de calor.

Para eliminar cheiros

Talcos e produtos antissépticos ajudam para odores mais fracos. Para os mais intensos, procure uma casa especializada, que faça a limpeza sem danificar o sapato.

Cuidados extras

Usar calçadeira não deixa que o sapato laceie demais e fique deformado. Evite usar o mesmo par mais de dois dias seguidos, para poder eliminar o suor.

Estilo de Vida
Presente do Dia das Mães: preço de perfumes pode variar 55%

Filhos que estão correndo para comprar o presente do Dia das Mães devem ficar muito atentos para não perderem dinheiro.dia-das-maes© Foto: Pexels dia-das-maes

Uma pesquisa realizada pelo Núcleo de Inteligência e Pesquisas da Escola de Proteção e Defesa do Consumidor do PROCON-SP encontrou variações de até 55,69% nos preços de perfumes femininos, um dos itens mais procurados nesta época do ano.

A pesquisa coletou dados de 45 itens de várias marcas vendidos em diferentes sites, como Beleza na Web, Lojas Renner, Época Cosméticos, Sephora e The Beauty Box.

A maior diferença encontrada foi o perfume Royal Marina Diamond, EDP, de 50ml, da marca Marina de Bourbon, vendido em uma loja a R$ 407,90 e em outra a R$ 262,00, uma diferença de R$ 145,90.

Segundo o Procon-SP, o site que apresentou maior quantidade de perfumes com menos preço foi o Beleza na Web.

O site Sephora também apresentou maior quantidade de preços menores ou iguais a de outros sites, de acordo com a pesquisa.

Para checar o levantamento completo, clique aqui.

Troca/Cancelamento

O Procon alerta o consumidor que compra pela internet que é um direito do consumidor o arrependimento no prazo de sete dias da compra ou do recebimento do produto, sem cobrança de qualquer taxa.

O cancelamento deve ser feito por escrito, para segurança do comprador

Exija a nota fiscal da compra de qualquer produto pela Internet. Ela é importante para qualquer tipo de reclamação, devolução ou troca.

Estilo de Vida
Educação Infantil na Pandemia: o que uma criança dessa idade precisa?

Educação infantil é um tema muito importante de ser pensado nessa Pandemia. Muitas crianças com idade de zero a 6 anos estão sem possibilidade, ou com uma possibilidade muito restrita, de socialização, desenvolvimento motor e cognitivo. Sem falar na parte emocional. Todas as nossas habilidades socioemocionais são desenvolvidas na relação, no coletivo e na interação com o outro.

O que fazer?

Veja o que uma criança, de fato, precisa:

Uma criança, na Pandemia, precisa…

  • Brincar livremente, brincar sozinha, brincar com quem estiver ao seu lado, seja adulto ou criança.
  • Ter uma rotina, mas também tempo livre para decidir o que quer fazer.
  • Poder bagunçar e entender a importância da cooperação na hora de arrumar.
  • Poder estar em contato com a natureza, ao ar livre. Com todos os protocolos de segurança, claro.
  • Entender que os adultos também precisam de um tempo para si.
  • Entender que vai fazer coisas que não faria no seu dia a dia normal e que, por isso, está tudo bem ficar um tempo a mais na frente das telas.
  • Mas que, por outro lado, é preciso força para sair da frente das telas e encontrar algo bacana para fazer.
  • Assim, perceber que uma boa brincadeira é a melhor coisa do mundo. E que, com afeto, cooperação, força de vontade e leveza, podemos superar qualquer desafio.
  • Brincando, a criança aprende muito! Na Plataforma Ler o Mundo, existe um curso para mães e pais participarem da alfabetização dos filhos no dia a dia, sem estresse e só com diversão!
Estilo de Vida
Receitas fáceis e saborosas para o almoço de Dia das Mães

O Dia das Mães é uma data que merece um carinho especial, e por isso é o momento ideal para preparar receitas deliciosas e típicas do nosso país. A chef Gil Gondim sugere dois pratos com ingredientes bastante conhecidos dos brasileiros – um de cuscuz e outro feito com costelinha de porco. São duas opções saborosas e práticas que conquistam facilmente o paladar da sua mãe! Confira o passo a passo das receitas e escolha a sua preferida.Guia da Cozinha - Receitas fáceis e saborosas para o almoço de Dia das Mães© Fornecido por Guia da Cozinha Guia da Cozinha – Receitas fáceis e saborosas para o almoço de Dia das Mães 

Deliciosas receitas para surpreender no Dia das Mães

Cuscuz à paulista

cuscuz à paulista© Fornecido por Guia da Cozinha cuscuz à paulista

Divulgação/Divulgação

Ingredientes

• 150 ml de azeite Andorinha Extra Virgem Seleção

• 01 cebola picada

• 01 pimentão vermelho sem pele e sem semente picado

• 02 latas de sardinha (1 para decoração) – reserve o óleo

• 500 ml de molho de tomate pronto

• 2 l de água

• Sal à gosto

• 200g de ervilha congelada

• 01 lata de milho verde em conserva

• Salsinha picada a gosto

• 500g de farinha de milho amarela

• 02 colheres (sopa) de farinha de mandioca fina

• 01 vidro pequeno de palmito cortado em rodelas

• 04 ovos cozidos

• 02 tomates cortados em rodelas

Modo de preparo

Video: Carne de porco defumada e agridoce | Loucos por Churrasco | Food Network Brasil (Dailymotion)https://www.dailymotion.com/embed/video/x80w018?api=postMessage&autoplay=1&id=gp8o7nbi&muted=1&origin=https%3A%2F%2Fwww.msn.com&queue-enable=falseReprodutor de vídeo de: Dailymotion (Política de Privacidade)

Em uma panela grande, aqueça o azeite Andorinha Extra Virgem Seleção e acrescente a cebola, o pimentão e uma lata de sardinha picada. Adicione também o óleo das duas latas de sardinhas e deixe ferver.

Acrescente o molho de tomate, a água, os temperos e ferva bem. Adicione metade da ervilha e do milho, misture bem. Acrescente de uma só vez as farinhas e a salsinha e mexa sem parar, até soltar do fundo da panela. Despeje em uma bancada e sove bem.

À parte, unte uma forma com azeite, decore o fundo e as laterais com as rodelas de palmito, ervilha, milho, tomate em rodelas, ovos e as sardinhas. Despeje a mistura de cuscuz, apertando bem, tampe e deixe esfriar. Desenforme e sirva.

Dica da chef: O cuscuz precisa ser enformado quente, para um resultado satisfatório.

Canjiquinha mineira com costelinha suína

Dia das Mães© Fornecido por Guia da Cozinha Dia das Mães

Divulgação/Divulgação

Ingredientes

• 01 kg de costelinhas de porco

• 01 colher (sopa) de sal

• 01 limão (suco)

• Pimenta-do-reino à gosto

• 200ml de azeite Andorinha Extra Virgem Seleção

• 200 g de linguiça calabresa

• 200 g de bacon picadinho

• 1 cebola grande picadinha

• 3 tomates sem peles picados

• 05 dentes de alho picadinho

• 1 1/2 xícara de canjiquinha lavada

• 1l de água

• Sal e pimenta a gosto

• 1 maço de cheiro verde picadinho

• Folhas de louro

Modo de preparo

De véspera, tempere as costelinhas com o sal, pimenta e suco de 1 limão. Frite as costelinhas em azeite Andorinha Extra Virgem Seleção, pingando água até ficarem bem cozidas e douradas. Depois de fritas, retire as costelinhas e reserve.

Na mesma panela, doure a linguiça cortada em rodelas e o bacon, frite a cebola, acrescente os tomates, junte o alho. Quando ferver, acrescente a canjiquinha com 500 ml de água. Deixe ferver e abaixe o fogo. Coloque a costelinha e a folha de louro. Adicione o restante da água aos poucos, até que a carne esteja bem macia. Acerte o sal e sirva em seguida.

Dica da chef: para um prato saboroso, porém com menos gordura, experimente escaldar em água quente a linguiça calabresa e o bacon. Para finalizar regue uma generosa porção de azeite.

COLABORAÇÃO: chef Gil Gondim

Estilo de Vida
Tudo azul: veja como usar a cor na decoração

As cores que escolhemos para o lar influenciam nosso estado de espírito e refletem – e muito – a nossa personalidade. Cada vez mais, os moradores estão optando por deixar as suas residências mais alegres e divertidas, fugindo dos acabamentos convencionais em mobiliário, pisos, paredes e objetos. Assim, o azul acabou se tornando uma das escolhas preferidas, pois transmite calma, tranquilidade e segurança. Por isso, a arquiteta Fernanda Campiolo ensina como usar esse tom em diferentes ambientes e superfícies. Confira:

Por ser uma alternativa versátil, o azul vai bem em qualquer estilo de decoração e em vários ambientes. Suas graduações de tons abrem um leque de possibilidades na hora de compor os espaços. “Numa nuance mais clara, ele deixa os ambientes mais leves e calmos. Já uma tonalidade mais escura traz formalidade e sobriedade para o projeto”, comenta a arquiteta Fernanda.Projeto de Marina Carvalho© Evelyn Müller/Casa.com.br Projeto de Marina Carvalho

Segundo ela, podemos adotar a cor em elementos que queremos destacar nos ambientes, caso de marcenaria, sofá e tapete. Mas é preciso moderação na hora de aplicá-la nos cômodos. “Convém usar um item de cada vez, pois ao elegermos vários elementos o ambiente se tornará monocromático e podemos perder a função de destaque do azul”, conta. “Ele é bem-vindo em todos os ambientes, desde que seja de uma forma delicada e sutil ou até mesmo para realçar algo, mas sempre tentando não sobrecarregar. Assim como qualquer outra cor”, acrescenta a profissional.Projeto do escritório TN Arquitetura© Denilson Machado/Casa.com.br Projeto do escritório TN Arquitetura

É possível combinar o azul com outras tonalidades sem que ele perca o protagonismo do local. O mais tradicional é a combinação com o branco, uma das primeiras cores que vem à nossa mente quando pensamos num resultado harmônico. O cinza pode trazer um ar de modernidade se combinarmos com o azul e, por ser mais neutro, dá destaque para móveis e objetos azulados. 

Também é possível fazer combinações mais ousadas com cores quentes, caso do vermelho. “Em nossos projetos, busco fazer uma combinação complementar do azul com o laranja ou então usar sua cor análoga, que é o verde ou o roxo. Assim damos mais personalidade para o ambiente e saímos do obvio”, ressalta Fernanda.–© Camille Hermand/Instagram –

A combinação do azul com o mobiliário é outro ponto importante que precisa ser avaliado. Peças com design clássico ou de madeira com acabamentos claros são boas opções para harmonizar com o interior de casas e apartamentos. Quem tem medo de ousar pode adotar o azul apenas em objetos, como vasos e quadros, ou móveis menores, como mesinha lateral, pufe e etc. “Vale recorrer às nuances diferentes da cor em itens decorativos, como mantas e almofadas, além de poder brincar com infinitas estampas, como listras, florais, círculos e até mesmo elementos geométricos”, comenta Fernanda Campiolo.Projeto do Estúdio Maré© Mariana Osi/Casa.com.br Projeto do Estúdio Maré

Independentemente do tom, uma dica é usar a luminosidade a nosso favor. Em lugares que dispõem de pouca luz natural, o azul mais claro ajuda a deixar o ambiente suave, trazendo a sensação de bem-estar, ao contrário dos tons mais escuros que, adotados em muitos itens ou peças maiores, costumam sobrecarregar o visual. “Em nossos projetos, quando tenho itens de decoração em azul, gostamos de deixar a iluminação mais aconchegante possível, com luzes de 2.700K para equilibrar o resultado”, ressalta a arquiteta Fernanda.Em banheiros, como neste projeto de Fernanda Campiolo, o azul é super bem-vindo, pois remete ao mar e aos elementos naturais trazendo tranquilidade© Divulgação/Casa.com.br Em banheiros, como neste projeto de Fernanda Campiolo, o azul é super bem-vindo, pois remete ao mar e aos elementos naturais trazendo tranquilidade

Para a arquiteta, a única restrição dessa cor seria apenas de não usar em excesso para não cansar visualmente, mas ela pode estar em diferentes situações. Apesar de ser uma cor relativamente fria, o azul é uma das mais usadas, atualmente, por trazer um efeito calmante e sensações positivas. Geralmente, os moradores que aderem ao azul são pessoas criativas e querem sair do lugar comum.

Estilo de Vida
Tudo o que você precisa saber sobre a dieta da fertilidade

A dieta da fertilidade, foi elaborada especialmente para prevenir e reverter a infertilidade ovulatória, que é responsável por mais de um quarto dos casos de infertilidade. Obviamente, as recomendações não funcionam para a infertilidade devido a impedimentos físicos, como trompas de falópio bloqueadas.

De acordo com a Universidade de Harvard, hábitos alimentares e exercícios podem ter efeitos profundos em sua saúde e bem-estar. Diversos médicos e cientistas, incluindo Jorge Chavarro e Walter Willet, pesquisadores da instituição e autores do livro The Fertility Diet, publicaram estudos que revelam que a qualidade da dieta e a fertilidade estão profundamente associadas.

Segundo os autores, a dieta da fertilidade deve incluir alimentos ricos em vitamina D, vitamina B12, ômega-3, ferro, ácido fólico, cálcio e outros nutrientes, que contribuem na produção dos hormônios femininos, na regulação da ovulação, na prevenção da anemia e na manutenção da imunidade, que são essenciais para a fertilidade.

Dieta da fertilidade: o que comer?

A dieta da fertilidade identifica dez mudanças importantes na dieta e nos exercícios que as mulheres podem fazer para aumentar as chances de ocorrer uma gravidez. Confira as dicas a seguir.

Evite gorduras trans

As gorduras trans artificiais têm diversos efeitos nocivos para a saúde e também podem prejudicar a fertilidade. Procure substituir a margarina, por exemplo, por óleos vegetais insaturados, como azeite de oliva e óleo de canola.

Coma mais proteína vegetal e menos proteína animal

Os autores de The Fertility Diet descobriram que as mulheres que ingeriam mais proteína animal eram mais propensas a sofrer de infertilidade ovulatória do que aquelas com ingestão mais baixa de proteína animal. Na verdade, adicionar uma porção por dia de carne vermelha, frango ou peru resultou em um aumento de quase 32% no risco de infertilidade ovulatória.

Além disso, o inverso foi verdadeiro quando os pesquisadores analisaram a proteína vegetal: mulheres que consumiam muita proteína vegetal eram muito menos propensas a ter infertilidade ovulatória. Portanto, os autores concluíram que comer mais proteína de plantas e menos de animais pode ajudar na infertilidade e melhorar suas chances de engravidar.

Consuma grãos inteiros

A quantidade total de carboidratos na dieta de fertilidade não estava ligada à infertilidade ovulatória. As mulheres que consumiam o nível mais baixo de carboidratos eram tão propensas quanto aquelas que consumiam o nível mais alto de carboidratos de ter problemas para engravidar, de acordo com Willett e Chavarro. No entanto, o tipo de fontes de carboidratos pareceu desempenhar um papel.

Especificamente, as mulheres que consumiam muitos carboidratos com alto índice glicêmico eram mais propensas a ter infertilidade do que mulheres que consumiam carboidratos com índice glicêmico mais baixo (o tipo que contém mais fibras e leva mais tempo para o corpo se decompor).

Prefira produtos lácteos integrais

Os pesquisadores descobriram uma associação entre laticínios com baixo teor de gordura e infertilidade: quanto mais laticínios com baixo teor de gordura na dieta de uma mulher, maior a probabilidade de ela ter problemas para engravidar. Por outro lado, quanto mais laticínios integrais na dieta de uma mulher, menor a probabilidade de ela ter problemas para engravidar.

O “alimento mais potente para a fertilidade” era o leite integral, seguido de sorvete e iogurte integral. Portanto, a dieta da fertilidade recomenda que toda mulher que está tentando engravidar consuma uma porção de leite integral, sorvete ou iogurte por dia.

Adicione à dieta frutas, vegetais e grãos ricos em ferro

As mulheres que estão tentando engravidar parecem ter mais sorte quando consomem entre 40 e 80 mg de ferro por dia, o que é duas a quatro vezes maior do que as recomendações gerais de ingestão de ferro para mulheres, de acordo com a “Dieta da Fertilidade”.

Para obter essa quantidade de ferro, a dieta recomenda focar em alimentos vegetais ricos em ferro. Por exemplo, damascos, espinafre, aspargos e coco são ricos em ferro, assim como muitos feijões e algumas nozes.

Escolha grãos integrais e outras fontes de carboidratos que tenham “efeitos mais baixos e mais lentos sobre o açúcar no sangue e a insulina”, em vez de “carboidratos altamente refinados que aumentam rapidamente o açúcar no sangue e a insulina”. Opte por feijões, lentilhas, nozes, castanhas e grão-de-bico, em vez de carne vermelha.

Fique atento ao que você bebe

Evite refrigerantes açucarados e outras bebidas carregadas de açúcar. Beba café, chá e bebidas alcoólicas com moderação. Prefira sempre beber água para matar a sede.

Dica de lista de compras

A dieta da fertilidade prioriza o consumo de vegetais verde-escuros, carboidratos complexos, proteínas vegetais e gorduras saudáveis. A lista de compras a seguir fornece sugestões para começar a fazer dieta. Observe que esta não é uma lista de compras definitiva; se preferir, opte por outros alimentos que funcionem melhor para você.

  • Folhas verde-escuras (espinafre, couve, acelga)
  • Brócolis, aspargos, abobrinha
  • Frutas cítricas (toranja, laranja)
  • Frutas vermelhas (framboesas, mirtilos, amoras)
  • Bananas, abacates
  • Pão e macarrão integrais
  • Arroz integral e quinoa
  • Tofu, frango, salmão, atum, sardinha, ovos
  • Iogurte integral, leite, queijo cottage
  • Sorvete natural (evite sabores artificiais ou grandes quantidades de açúcar adicionado)

Sugestão de plano alimentar para três dias

A dieta da fertilidade inclui planos de refeições para uma semana e 15 receitas de pratos que seguem a dieta, incluindo lentilha vermelha, amêndoa torrada e sopa de gengibre, brócolis, feijão branco gratinado e salmão com cobertura de laranja.

Para aumentar a fertilidade, uma variedade de frutas, vegetais, grãos inteiros, proteínas vegetais e gorduras saudáveis ??são incentivados. Você pode consumir algumas proteínas magras, como frango e salmão, com moderação, mas tente evitar a carne vermelha.

Como é recomendado que você limite a ingestão de cafeína, álcool e açúcar, pode ser melhor beber apenas água com as refeições. E lembre-se de comer uma porção de laticínios integrais todos os dias, seja com uma refeição, como um lanche ou em sobremesas.

O plano de alimentação de três dias a seguir não inclui tudo, mas deve dar uma ideia geral de como é a dieta da fertilidade. Se você decidir seguir a dieta alimentar, pode haver outras refeições mais adequadas aos seus gostos e preferências.

Dia 1

Café da manhã: 5 fatias de abacate e torradas com ovo; 1 copo de leite integral, 1 banana

Almoço: 1 xícara de salada vegetariana de quinoa; 1 maçã

Jantar: Peixe grelhado com molho vegetal

Dia 2

Café da manhã: 1 xícara de iogurte grego integral com frutas vermelhas frescas

Almoço: Sanduíche mediterrâneo; 1 xícara de sopa de lentilha com couve; 5 azeitonas 

Jantar: Massa integral com pimenta vermelha e espinafre; salada de beterraba com queijo feta

Dia 3

Café da manhã: 1 xícara de aveia coberta com nozes ou amêndoas, coco ralado e frutas

Almoço: 1 xícara de sopa de tomate e manjericão; torradas com grãos inteiros; 1/2 xícara de queijo cottage integral

Jantar: Salmão assado no forno com ervas; aspargos torrados; folhas verde-escuras à vontade

Fontes: Harvard Health PublishingVery Well Fit e Healthline