A Netflix demitiu 150 pessoas, após registrar queda no número de assinantes. A informação foi divulgada pela publicação Deadline. 

“Como explicamos nos resultados, o nosso aumento de lucros lento significa que também temos que diminuir os nossos gastos empresariais. Infelizmente, estamos hoje dispensando cerca de 150 funcionários nos Estados Unidos”, informaram fontes da empresa à publicação norte-americana.

Na nota, os responsáveis salientam ainda que layoff não está relacionado com “desempenhos individuais”  e que a empresa está trabalhando “arduamente” para os apoiar nesta “fase de transição”.

Recorde-se que a empresa, pioneira no serviço de streamming, perdeu 200 mil assinantes nos três primeiros meses de 2022. De acordo com os dados divulgados pelo serviço de streamming, estima-se que dois milhões de pessoas deixam de assinar a plataforma até junho