Banner gov mar.

SOCIEDADE & NEGÓCIOS

É isso aíLojas abertas, feiras nas ruas, o povo trabalhando durante a semana de máscara, fingindo para si mesmo que está tudo bem. O cérebro entende que realmente está tudo [...]

Por Francisco Fabiano em 22/06/2020 às 15:17:07










É isso aí





Lojas abertas, feiras nas ruas, o povo trabalhando durante a semana de máscara, fingindo para si mesmo que está tudo bem. O cérebro entende que realmente está tudo bem. O esforço da semana, para ser recompensado, inclui um rolê na praça Plácido de Castro, novo Mercado Velho, Igrejas, salões de beleza, botecos sertanejos, daí quem abriu salvou o seu e atrasou quem não abriu. Trabalho com cobertura de eventos, também desejo voltar "ao normal", por isso fico tão assustada quando começam a abrir, justo na hora que a transmissão está se interiorizando (vindo e indo para as cidades do interior).





Correr agora é ficar mais tempo parado na pista, lá adiante. Salve-se quem puder real!













Os dois aninhos da Nicole foram comemorados com distanciamento social, em clima de Santo Antônio, dia 10. Os pais Rodrigo e Maria Helena Ferreira fizeram questão de registrar.Happy Birthday!













Adiamento





Durante reunião virtual, grupo de cientistas e médicos com os presidentes da Câmara dos Deputados, Senado e do Tribunal Superior Eleitoral, discutiram sobre possível adiamento das eleições municipais para o mês novembro. Seria o tempo necessário para conter a pandemia no país.









De volta





A Gol confirmou que a partir de agosto os voos de Rio Branco passarão a ser diários para Brasília e Cruzeiro do Sul. A companhia está operando atualmente um voo semanal de ida e volta de Rio Branco para Brasília e um de Porto Velho para a capital acreana.





Grupo dono da Zara anuncia prejuízo histórico e o fechamento de 1.200 lojas





Após meses de bloqueio do comércio em várias metrópoles ao redor do mundo, a reabertura das lojas Zara, na França, deu o que falar ao gerar aglomerações e filas de espera na entrada, ainda no mês de maio. Mesmo em alta demanda pelos seus produtos, a marca da Inditex sofre o peso da crise econômica gerada pela pandemia do coronavírus.





Areceitado grupo espanhol caiu 44%, e ainda teve que se readaptar e investir em novas estratégias para vendason-line.









Grupo dono da Zara anuncia prejuízo histórico e o fechamento de 1.200 lojas





O número de brasileiros com mais de US$ 1 bilhão aumentou de 42 em 2018 para 58 em 2019, de acordo com o ranking mundial da revista Forbes, indo na contramão do planeta que diminuiu de 2.208 bilionários contra 2.153 neste ano. Em comum a todos eles apenas o fato de dedicarem muito mais tempo ao trabalho que a maioria de nós.





Enquanto não entramos para esse seleto clube, vamos conhecer um pouco mais sobre seus membros na sequência a seguir.





E começaremos com os mais "pobres" .





Lia Maria Aguiar Góis - US$ 1,4 bilhões. é uma das acionistas do Banco Bradesco e da holding Bradespar.





Luiza Helena Trajano - US$ 1,6 bilhões. é uma das mulheres mais poderosas do Brasil. O título se deve à atuação da empresária à frente da holding Magazine Luiza, uma das maiores redes de varejo do Brasil.





Ricardo Villela Marino - US$ 1,7 bilhões. é CEO da Operação do Itaú na América Latina e membro do Conselho da holding Itaúsa, que comporta o banco. O Itaú é a maior instituição financeira privada do Brasil, com valor de mercado acima de R$ 300 bilhões. Ricardo Villela ainda é acionista do grupo.





Carlos Sanchez - US$ 1,8 bilhões. é dono e presidente do Grupo NC. O Conglomerado tem como sua área de atuação principal o setor farmacêutico e é o empreendimento brasileiro de maior sucesso no ramo, estando na terceira posição no ranking de maiores corporações farmacêuticas da América Latina.





-Alexandre Grendene Bartelle - US$ 1,8 bilhões. é cofundador e presidente da empresa de calçados Grendene, mas tem investimentos em outros setores como no setor moveleiro, com as marcas Unicasa, Dell Anno e TOG; setor siderúrgico, com a Sitrel; e hoteleiro, com a Conrad.





-Júlio Bozano - US$ 1,8 bilhões. ao lado do ex-ministro da fazenda Mário Henrique Simonsen, do banco Bozano, Simonsen. Atualmente, seus investimentos são destinados à plantação de café, shopping centers e participação em uma fábrica de motores a jato.





-Maria Helena Moraes Scripilliti - US$ 1,9 bilhões.
é coproprietária da multinacional brasileira Votorantim S.A. Empresa com atuação em mais de 20 países e com capital fechado na Bolsa de Valores.





  • Dulce Pugliese de Godoy Bueno - US$ 1,9 bilhões. cofundadora da operadora de saúde Amil, empresa que formou em parceria com seu ex-marido, Edson Bueno, na década de 70. Em 2012 venderam 90% do capital da Amil para o grupo americano United Health, por 4,9 bilhões de dólares.




Nevaldo Rocha - US$ 2 bilhões tido como um dos melhores exemplos de empreendedorismo do Brasil. Fundador e dono da Riachuelo, gigante cadeia de lojas especializada em vestuário.





João Alves de Queiroz Filho - US$ 2 bilhões. também é chamado de Júnior, é o maior acionista do Grupo Hypera Pharma. O conglomerado gerencia várias marcas comuns ao dia a dia do brasileiro, como os adoçantes Zero-Cal, Finn e Adocyl; os medicamentos Apracur, Atroveran, Maracugina e Merthiolate.





Antônio Luiz Seabra - US$ 2 bilhões. fundador da empresa Natura, empreendimento que atua na área de cosméticos e que é pioneiro em
relação a diversas frentes, em especial as ligadas ao meio ambiente, política que está nos valores da empresa desde seu início. Antônio Luiz procurou voltar sua empresa para um modelo de vendas diretas.





Jorge Moll Filho - US$ 2,1 bilhões. é o médico e empresário responsável pela presidência do Conselho de Administração da maior rede de hospitais privados do país, a Rede D'Or, um empreendimento avaliado em mais de 20 bilhões de reais e com uma rede com mais de 30 hospitais espalhados pelo Brasil.





Aloysio de Andrade Faria - US$ 2,1 bilhões. fundador e dono do Grupo Alfa, conglomerado que atua nos segmentos financeiro, agronegócios, alimentos, materiais de construção, comunicação e cultura.





Alceu Elias Feldmann - US$ 2,2 bilhões. presidente e fundador da Fertipar, uma das principais empresas de fertilizantes do Brasil e do mundo, que surgiu em 1980.





Luís Frias - US$ 2,2 bilhões. é presidente do Conselho de Administração do Universo Online-Uol, braço do Grupo Folha, o qual também preside. Luiz entrou no time dos bilionários no início de 2018 pelo rendimento que a PagSeguro teve ao abrir suas ações na bolsa de valores.





Luciano Hang - US$ 2,2 bilhões
O catarinense Luciano Hang, dono das Lojas Havan e apoiador fervoroso do presidente Jair Bolsonaro, é outra figura conhecida a entrar para o ranking.





Walther Moreira Salles Júnior - US$ 3,1 bilhões
Cineasta premiado, Walther Salles é responsável por filmes como Central do Brasil





Abílio Diniz - US$ 3,1 bilhões. presidente do Conselho de Administração da Península Participações e membro dos Conselhos de Administração do Carrefour Global e do Carrefour Brasil.





Marcel Herrmann Telles - US$ 9,9 bilhões. ao lado de João Paulo Lemann e Carlos Alberto Sicupira, é um dos sócios-fundadores do grupo 3G Capital. O fundo de private equality é responsável por controlar marcas como o Burguer King, cervejarias pelo mundo e as lojas Americanas.





Abílio Diniz - US$ 3,1 bilhões. presidente do Conselho de Administração da Península Participações e membro dos Conselhos de Administração do Carrefour Global e do Carrefour Brasil.





Jorge Paulo Lemann - US$ 22,8 bilhões. dono da maior cervejaria do mundo, Ab InBev, e sócio do 3G Capital, que é controlador de redes como Burger King, Tim Hortons e Kraft-Heinz





Joseph Safra - US$ 25,2 bilhões. banqueiro libanês naturalizado brasileiro, empresário e um dos proprietários do Banco Safra, que chegou ao Brasil na década de 1960, quando sua família já estava inserida no mercado financeiro nacional.









Joseph Safra, o homem mais rico do brasil









Por que não viraliza a notícia do Fábio Assunção estar vencendo o vício em drogas e bebidas alcoólicas com a ajuda de Deus, igual viralizaram os vídeos dele embriagado e a máscara dele comercializada no carnaval do ano passado, para fazerem chacota? Boa parte das pessoas parece ter alma de urubu, que só se alimenta com fim dos outros.













O aplicativo FaceApp, que faz montagens instantâneas com fotos, voltou a ser febre nas redes sociais nesta quarentena. Diversos famosos e anônimos estão utilizando o programa para brincar com imagens e se projetarem como seriam se tivessem o sexo oposto. Porém, a segurança para quem usa o dispositivo precisa ser olhada com mais atenção.





A segurança com relação aos dados do aplicativo foram colocadas em xeque no ano passado por conta de dois documentos vagos que não ofereciam muito respaldo aos seus usuários, dando brechas para uso abusivo das fotografias por parte da empresa. Pois ao baixar e instalar o aplicativo, o usuário autoriza que o FaceApp e empresas parceiras possam coletar dados como o histórico de navegação na internet.





O FaceAppp é de origem russa, já soma mais de 100 milhões de downloads somente na Google





Play Store e foi alvo de discussões sobre privacidade e ciberespionagem, inclusive sendo investigado pelo FBI.





O FaceApp, por sua vez, nega que os dados que coleta sobre os usuários sejam usados para tais fins.









O radialista e empresário Júnior Passos e sua versão feminina via FaceApp.





O casal Marília Mendonça e Rodolfo Huff comemorou com a festa "Quintal da Arca", os 6 meses do filho João. Teve adereço juninos também e mantiveram o distanciamento social.









Maria Neta ou Irmã Maria, também mãe da estilista acreana Dhey Modara, com ateliê em Florianópolis, apresentou em sua cidade natal, Cruzeiro do Sul, sua pré-candidatura a vereadora por aquele município pelo PSL. Muito boa sorte em sua nova empreitada.









A acreana Giovanna Prado é sucesso em plataforma digital ensinando técnicas de autoconhecimento ao lado do marido Bruno Peloi.





Ambos são detentores da marca Mahamudra Brasil, em Londrina, PR. Trata-se de uma conceituada empresa mundial, especialista em cursos a distância em todo o planeta.





Quem quiserlidar melhor com sentimentos, pensamentos e comportamentos disfuncionaisassociados ao isolamento social, a Mahamuda Brasil oferece 7 dias de práticas gratuitas. Basta se inscrever no canal e aprender o treinamento on line.









Na foto o casal com o filho.




Perdoem se não trago os "curados" quando os que sofrem precisam de amparo, solidariedade, consciência coletiva, e nesse caso, que divulguem o sofrimento, para que não sejam tratados como invisíveis.





Por vezes é preciso noticiar largamente a dor do outro, para que sejam cuidados e ouvidos.





Há muita surdez no mundo!





Assim como invisibilidade.





Que tenhamos uma ótima semana!






Comunicar erro
aleac 04.02

Comentários