23/10/2020 68992202644

Destaque do Dia

ALEAC

Sargento Adonis diz na TV Juruá como administrará Cruzeiro do Sul caso vença as oligarquias locais

Candidato do PSL afirma que, como democrata, estenderá tapete vermelho para o governador Gladson Cameli, "um cruzeirense que ama esta terra"

Por Francisco Fabiano 01/10/2020 às 22:20:05

TIÃO MAIA, DO AMAZÔNIA AGORA

No mesmo dia em que foi acusado de ter seu plano de governo copiado de um candidato do interior do Espírito Santo, o candidato do PSL à Prefeitura de Cruzeiro do Sul, Sargento Adonis, deu uma aula de como pretende administrar a segunda maior cidade do Acre. Ele foi entrevistado pelo apresentador do programa Juruá Notícias, Genival Moura, na TV Juruá, e aproveitou o espaço para destacar o potencial econômico do município, e também para falar da futura ligação da região com o Pacífico e de uma possível relação de parceria com que manteria com o governador Gladson Cameli, caso seja eleito. O programa foi ao ar às 12h20 min desta quinta-feira 01/10, na TV e Rádio Juruá, uma afiliada do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT).

O candidato foi o último dos três concorrentes à Prefeitura de Cruzeiro do Sul a ser entrevistado pela emissora, que o concedeu 30 minutos, divididos em dois blocos. "Hoje foi uma oportunidade de apresentarmos as nossas propostas, coincidentemente no momento em que vivemos duas situações antagônicas: de um lado, os grupos que insistem dominar a política local, ao mesmo tempo em que vislumbramos a possibilidade de vivermos um novo patamar de desenvolvimento, principalmente depois da nossa ligação com o Pacífico", disse Sargento Adonis.

Na sua avaliação, o município está numa localização estratégica quando se trata de exportações e por isso pode atrair inúmeros investimentos com foco na potencialização da agricultura, dentre outras tipologias produtivas, que podem adequar-se plenamente às potencialidades locais. "Temos ainda uma Área de Livre Comércio (ALC) que possui as mesmas prerrogativas da Zona Franca de Manaus", acrescentou o candidato.

Questionado sobre uma provável relação com o governador, que apoia outro candidato, Sargento Adonis disse estar tranquilo porque, segundo ele, Cameli é um democrata e respeitador das relações institucionais. "Caso Deus nos conduza à Prefeitura, estenderei um tapete vermelho para ele, que é um cruzeirense e ama esta terra e à nossa gente", disse.


Sobre ter seu programa de governo acusado de plágio por reportagem do site local, o "Juruá em Tempo", o candidato do PSL disse que preferia não falar sobre assunto para não polemizar com o diretor do noticioso, um rapaz que , na verdade, é um presidiário que cumpre pena domiciliar com o uso de tornezeleira eletrônica.

Comentários