Gladson Cameli faz maratona de visitas em Brasília em busca de recursos para infraestrutura no Acre

Mas a agenda mais importante desta viagem ainda é a busca pela vacina contra o coronavírus; ele se reúne amanhã com o Ministro da Saúde para saber quando o imunizante chega ao Estado

Por TIÃO MAIA, DO AMAZÔNIA AGORA em 12/01/2021 às 16:00:18

Governador Gladson Cameli em Brasília atua em várias frentes a favor do Acre - Foto Diego Gurgel

Além de travar uma renhida luta com governadores de estados mais importantes no país - do ponto de vista da geopolítica ou mesmo da economia - para que o Acre seja um dos primeiros a imunizar sua população contra o coronavirus, o governador Gladson Cameli está em Brasília, nesta terça-feira 12/01, atuando em outras frentes em busca de recursos para investimentos. Numa das primeiras audiências de hoje, de acordo com a repórter Dilma Tavares, da Agência de Notícias do Acre, órgão da Secretaria de Comunicação do Governo do Acre, Cameli solicitou à Azul Linhas Aéreas voos com transporte de passageiros no Estado. Na quarta-feira 13/01 vai tratar diretamente com o presidente Jair Bolsonaro e seu ministro da Saúde, general Eduardo Pazonello, sobre a vacina contra o coronavirus.á sobre vacina com o ministro da Saúde

O governador acreano chegou a Brasília na manhã desta terça-feira para participar de diversas reuniões em busca de recursos e apoios para o Acre. Na pauta, assuntos abrangendo desde a área de transporte e infraestrutura à saúde, incluindo a vacina contra a Covid-19. Com o diretor da Azul, Fábio Campos, solicitou a possibilidade de a empresa realizar transporte de passageiros nos trechos entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul, com destino a Manaus (AM), que é um centro de conexão de passageiros, possibilitando que estes alcancem seus locais de destino.

O governador com o diretor da Azul em busca de voos entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul - Foto Diego Gurgel

"Nosso objetivo é oferecer mais oportunidade de transporte, encurtar distâncias, possibilitar rapidez nos deslocamentos e reduzir custos para a população do nosso estado. E as empresas aéreas são fundamentais no processo", explicou Gladson Cameli, destacando ainda "o importante serviço que a Azul já presta no transporte de cargas nessas duas cidades".

A reunião foi realizada na sede da Representação do Governo do Acre e Brasília (Repac) e contou com a participação do procurador-geral do Estado, João Paulo Setti. O procurador reforçou a defesa do governador Cameli para o transporte de passageiros, lembrando que, em virtude da necessidade de atender à população, há incentivo do Estado com redução de ICMS para estas empresas.

O diretor da Azul garantiu ao governador que o Acre poderá ser inserido no plano de operação que a empresa está desenvolvendo para a Amazônia. "Esse plano está começando a ser desenvolvido e abrange muitos locais desatendidos na região", explicou Fábio Campos, que se dispôs a realizar novo encontro com o governo logo que o plano estiver fechado.

Agira à tarde, o governador irá se reunir com o diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, general Antônio Santos Filho, para tratar sobre projetos referentes ao anel viário do município de Brasileia .Na quarta-feira, às 11 horas, Cameli terá reunião no Ministério da Economia, onde irá buscar alternativas para a entrada em operação da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Acre. O encontro será com a secretária executiva do Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação (CZPE), Natasha Miranda.

Gladson cameli chegou a Brasília na terça-feira e amanha trata sobre vacina com o ministro da Saúde - Foto Diego Gurgel
Mas será na quarta-feira que a agenda mais importante desta viagem do governador irá acontecer. Ele vai tratar diretamente da vacina contra o coronavirus. Gladson Cameli terá audiência com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. A audiência está marcada para às 15 horas, no gabinete do Ministro, na Esplanada dos Ministérios. O governo do Acre prevê a compra de 1,2 milhões de doses de vacina e início da vacinação dia 25 deste mês de janeiro.
Comunicar erro
aleac 04.02

Comentários