Acre desmatou 2% de tudo que foi derrubado na floresta amazônica em dezembro

Por Francisco Fabiano em 19/01/2021 às 08:16:43

Em dezembro de 2020, o Sistema de Alerta de Desmate do Imazon detectou 276 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal, um aumento de 10% em relação a dezembro de 2019, quando o desmatamento somou 251 quilômetros quadrados.

O Acre contribuiu com 2% desse total em dezembro. O desmatamento detectado pelo SAD também ocorreu no Pará, que registrou aumento de 46%, Mato Grosso (19%), Rondônia (16%), Amazonas (8%), Roraima (6%), Maranhão (3%).

A degradação florestal, no entanto, está em queda no Acre. Se levado em conta o resultado de agosto a dezembro de 2020 a igual período de 2019 o Acre registra queda de 28% no desmate. Entre agosto e dezembro de 2019 foram desmatados 53 quilômetros quadrados no Acre e no mesmos três meses do ano seguinte, 38 km2.

As florestas degradadas na Amazônia Legal somaram 399 quilômetros quadrados em dezembro de 2020, o que representa um aumento de 5% em relação a dezembro de 2019, quando a degradação detectada foi de 380 quilômetros quadrados. Em dezembro de 2020 a degradação foi detectada no Mato Grosso (75%), Pará (13%), Tocantins (7%), Maranhão (3%), Amazonas (1%) e Rondônia (1%).

Em dezembro de 2020, a maioria (56%) do desmatamento ocorreu em áreas privadas ou sob diversos estágios de posse. O restante do desmatamento foi registrado em Assentamentos (29%), Unidades de Conservação (11%) e Terras Indígenas (4%).

Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (18) pelo Imazon.

Comunicar erro
aleac 04.02

Comentários