Polícia prende 63 pessoas por aglomeração em bares clandestinos de Manaus

Mesmo com o Amazonas liderando como o Estado mais afetado pela pandemia do coronavirus, ainda há quem desafie decretos que impõem o distanciamento social

Por TIÃO MAIA, DO AMAZÔNIA AGORA em 22/01/2021 às 10:06:25

Mesmo com o Amazonas liderando de forma negativa o ranking da doença no país, em Manaus ainda há pessoas se aglomerando

Pelo menos 63 pessoas amanheceram esta sexta-feira 22/01 na cadeia em v√°rias delegacias de Manaus (AM), após serem presas na noite anterior assistindo jogos pela TV em aglomera√ß√£o em bares clandestinos da cidade. Os bares clandestinos funcionavam no bairro Jorge Teixeira, na zona leste de Manaus.

As pris√Ķes ocorreram com base no descumprimento do decreto do governo do Amazonas que proíbe a circula√ß√£o e aglomera√ß√£o de pessoas, entre o período das 19h e 6h até o próximo dia 31, para conter a pandemia do novo coronavírus no Estado.

O Amazonas continua como o Estado mais gravemente afetado pela pandemia do coronavirus no país. Um grupo de governadores, liderados pelo do Piauí, Weliington Dias (PT), est√° defendendo que, das doses dos 2 milh√Ķes de vacinas que o governo brasileiro deve receber neste final de semana adquiridas junto ao governo da Índia, o Amazonas receba uma quota maior em rela√ß√£o aos demais estados. "Combater o vírus em Manaus é também combat√™-lo no Brasil", o governador do Pauí.


Comunicar erro
aleac 04.02

Coment√°rios