Empresários aderem a campanha de socorro aos desabrigados pelas enchentes

George Pinheiro diz que Associações Comerciais vão fazer doações através de conta aberta pelo Ministério Público

Por TIÃO MAIA, DO AMAZÔNIA AGORA em 22/02/2021 às 19:31:49

Empresário george Pinheiro diz que empresários vão ajudar aos desabrigados

O empresário George Teixeira Pinheiro, da rede hoteleira no Acre e dirigente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), anunciou, em Rio Branco, nesta segunda-feira 22/02, que a entidade também aderiu a campanha de ajuda aos desabrigados pelas enchentes que atingem pelo menos dez municípios acreanos. A entidade também reconheceu que, além dos casos de Covid-19, o Acre tem enfrentado diversos alagamentos em todo seu território, um surto de dengue e uma forte crise migratória na fronteira com o Peru.

Até o último domingo , o Estado já havia contabilizado 54.786 infectados e 963 vítimas fatais do novo coronavírus. O Acre também registrou 8,6 mil casos suspeitos de dengue nos dois primeiros meses do ano. Na semana passada, alguns rios ultrapassaram a cota de transbordo, chegando a atingir mais de 130 mil pessoas.

Como se não bastasse tudo isso, também se agravou na última semana o cenário dos imigrantes que estão retidos na fronteira do Acre com o Peru desde o ano passado, quando o país vizinho decidiu fechar as fronteiras e impedir a passagem deles para o lado peruano. Os imigrantes já estavam sendo atendidos pela prefeitura de Assis Brasil, mas no dia 14 de fevereiro se rebelaram e ocuparam a ponte da cidade. Pelo menos 60 imigrantes que fazem rota reversa pelo Acre e tentam entrar no Peru continuam a acampados na Ponte da Integração, uma semana depois de ocuparem o local.

O governador do Acre, Gladson Cameli, diz que o cenário não é fácil. "O estado é pequeno, pobre e precisa do apoio das pessoas, principalmente do governo federal, e unificar as instituições para que a gente chegue com atendimento imediato à população", declarou.

Diante do cenário catastrófico, o Ministério Público do Acre (MPAC) iniciou uma campanha de arrecadação de doações para ajudar na recuperação do estado e evitar que o cenário se agrave ainda mais. A CACB, por sua vez, decidiu apoiar a iniciativa e convocou todo o sistema de associações comerciais do país a se unir ao movimento. "O que está acontecendo no Acre tem preocupado toda a população brasileira, de norte a sul, e é muito importante usarmos da nossa capilaridade e representatividade para ajudar os nossos irmão acreanos em um momento tão difícil", diz George Pinheiro, presidente da CACB.

Conta para Doações

As doações da campanha devem ser feitas diretamente ao MPAC, através da seguinte conta bancária:

Associação do Ministério Público do Estado do Acre
Banco do Brasil
Agência: 2359-0 – Conta Corrente: 14.300-6
CNPJ: 63.589.899/0001-40
O CNPJ também é PIX.


Comunicar erro
aleac 04.02

Comentários