domingo, março 3, 2024
Nacional

Tripulante de embarcação que naufragou é o sétimo morto na tempestade em SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Defesa Civil de São Paulo confirmou a sétima morte causada pelo temporal que atingiu o estado na sexta-feira (3). Trata-se do tripulante de 58 anos de uma pequena embarcação que naufragou durante a chuva em Ilhabela, litoral paulista.

Outros dois tripulantes foram resgatados com vida e levados do pronto socorro de Ilhabela com hiportermia. Os náufragos foram encontrados por volta das 10h deste sábado (4).

Os ventos passaram de 150 km/h em Santos, no litoral paulista, segundo dados da Praticagem de São Paulo. Algumas regiões do estado completaram mais de 22 horas sem energia elétrica. A capital paulista e cidades do interior amanheceram com dezenas de árvores caídas nas ruas.OS

MORTOS DA CHUVA EM SP
São Paulo: duas pessoas morreram devido a queda de árvore
Osasco: queda de árvore
Limeira: desabamento de um muro
Santo André: queda de uma parede de um prédio
Suzano: queda de árvore
Ilhabela: tripulante de embarcação que naufragouNa zona leste paulistana, duas pessoas morreram depois de serem atingidas por árvores. Em Limeira (a 151 km da capital), um muro atingiu uma vítima.

Em Osasco, na avenida Luiz Rink, duas árvores caíram em cima de um muro, que, por sua vez, destruiu um veículo. Felipe Lima Ribeiro do Nascimento, 21 anos, passava pelo local no momento e foi atingido.

O jovem desembarcou do ônibus e tinha uma caminhada de cinco minutos até em casa. O avô, João Bosco do Nascimento, achou que a demora do rapaz para voltar para a casa era em decorrência da chuva. Ele define o neto como uma pessoa boa. Ao descobrir da morte do jovem, a família ficou em choque e apenas o avô conseguiu comparecer no local.

Em Santo André, uma parede também cedeu e acertou duas pessoas. Uma delas morreu. Outra morte, segundo a Defesa Civil, ocorreu em Limeira, após o desabamento de um muro.

Leia Também: Primeiro dia de provas do Enem ocorre neste domingo; saiba o que levar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *