quarta-feira, abril 24, 2024
Esportes

Da depressão à ansiedade. Ex-lutadora do UFC vai doar o cérebro à ciência

Julie Kedzie, ex-lutadora do UFC, participou de uma entrevista detalhada com a BBC Sport nesta quarta-feira, compartilhando os complexos desafios que têm marcado sua vida desde que decidiu encerrar sua carreira nas MMA profissionais em 2013.

Ao longo de sua carreira, Kedzie acumulou um impressionante histórico de 16 vitórias e 13 derrotas em 29 combates oficiais, tornando-se uma figura notável no mundo das artes marciais mistas. No entanto, após sua aposentadoria, ela enfrentou uma série de adversidades, revelando lutas internas com depressão, ansiedade, hiperatividade, impulsividade e insônia.

O que torna sua situação ainda mais intrigante é a possível relação com a encefalopatia traumática crônica, uma condição que só pode ser diagnosticada postumamente. Kedzie, atualmente com 42 anos, discutiu abertamente sua decisão de doar seu cérebro à ciência, visando contribuir para avanços no entendimento desse problema específico.

“Para mim, parece uma coisa muito normal de se fazer”, afirmou Kedzie. Ela acrescentou: “Fui atingida muitas vezes na cabeça ao longo da minha carreira, então, acho que é crucial explorar o que está lá dentro e se podemos extrair informações valiosas. Se houver uma maneira de continuar avançando nesse campo e, ao mesmo tempo, contribuir para a causa feminina, então, definitivamente estou disposta a isso.”

A coragem de Kedzie em compartilhar sua jornada não apenas destaca os desafios enfrentados pelos atletas após suas carreiras, mas também destaca a importância de avanços na compreensão das implicações de longo prazo das lesões associadas ao esporte. Sua atitude proativa em direção à pesquisa científica oferece uma perspectiva valiosa e inspiradora para o futuro do esporte e da saúde dos atletas.

Leia Também: Técnico de vôlei é preso no AM suspeito de estupro e exploração sexual de adolescentes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *