quarta-feira, maio 22, 2024
Mais Polícia

Ex-marido diz ter matado enfermeira para ficar com guarda do filho

O homem que estrangulou e matou a ex-companheira, a enfermeira Vanessa de Cassia Fontes, 35, disse ter cometido o crime após uma discussão sobre a guarda do filho, de 5 anos. O caso ocorreu na tarde de quarta-feira (13), no ABC paulista. Bruno de Matos confessou o crime e se entregou nesta quinta-feira (14).

Em mensagens de áudio enviadas por ele a Vanessa, obtidas pela polícia e acessadas pela Record TV, o suspeito diz que a ex fazia de tudo para impedir que ele visitasse o filho. Bruno também ameaça a enfermeira e a acusa de não deixá-lo ter uma família feliz.

“Tudo é motivo para você arrumar uma mentirinha para jogar contra mim. Já não basta para você eu ter feito exame de droga. Você falou que eu era drogado e alcoólatra para me tirar de perto do meu filho. O seu sonho é ter uma família feliz e isso é a única coisa que você não consegue ter. Por isso você tem que atingir a família dos outros, entendeu? Você não pode ser feliz e não quer que os outros sejam felizes”, diz Bruno nos áudios.

“Estou sabendo de todas as mentiras que você contou. Tudo que você fez eu estou sabendo. E eu tenho como provar. Isso não vai ficar assim não. Nunca fiquei com você por amor. Foi sempre só um lance. Eu amo o meu filho e eu quero ter o direito de ver ele”, afirma.

Bruno e Vanessa se separaram quando ela ainda estava grávida. De acordo com o boletim de ocorrência, feito por familiares da enfermeira após seu desaparecimento, a relação entre os dois após o término não era amigável, bem como a relação da vítima com a atual namorada do ex, por quem já teria sido agredida.

De acordo com a investigação da polícia, Bruno teria ido até o apartamento de Vanessa, em São Bernardo do Campo, na tarde da quarta-feira (13). Ela havia acabado de mandar o filho, de 5 anos, para o colégio em uma van de transporte escolar.

Segundo relatos do agressor, eles teriam discutido sobre a guarda do menino. Durante o bate-boca, ele afirma ter “perdido a cabeça” e estrangulado a ex até a morte. Na sequência, colocou o corpo dentro do carro da própria vítima e a levou a uma área de mata no ABC paulista.

Imagens registradas por um radar de trânsito próximo à unidade do Hospital e Maternidade São Luiz em São Caetano, onde a enfermeira trabalhava, mostram o carro de Vanessa, que já estava sendo conduzido por Bruno.

O motorista dirigiu até as proximidades do parque do Pedroso, em Santo André, e jogou o corpo de cima de um barranco por volta das 14h. Ele abandonou o veículo na mesma região e foi embora.

Confissão do crime
Antes de confessar o crime, Bruno conversou com a Record TV, assegurou não ter feito nada contra a ex-companheira e ainda afirmou estar preocupado. “É complicado uma pessoa sumir da noite para o dia. Ainda mais no mundo que a gente está hoje. Da forma que as coisas estão hoje, é de se ter medo”, disse.

“Eu espero que ela apareça e que as pessoas consigam ver que eu não tenho nada a ver com a história. Não faço ideia de onde ela esteja. Eu não tenho ideia”, disse Bruno poucas horas antes de se entregar à polícia.

O corpo de Vanessa chegou ao IML (Instituto Médico-Legal) de Santo André ainda na noite da quinta-feira (14). Ele passa por exames periciais na manhã desta sexta-feira (15).

Desconfiança
A suspeita de que algo havia acontecido com Vanessa iniciou-se após a enfermeira não ter comparecido ao serviço. Colegas da vítima tentaram entrar em contato por mensagem. Mas, segundo relataram ao tio de Vanessa, Rogério, ela respondia de um jeito diferente do habitual, com erros de português e gírias.

Quando a questionaram sobre a demora para chegar ao hospital, ainda por mensagem de texto, os demais enfermeiros receberam como resposta que ela estaria “resolvendo um contratempo no banco”.

Após entrar em contato com a Polícia Militar via 190, Rogério foi até o 2° Distrito Policial de São Bernardo do Campo, onde registrou a ocorrência.

Com as informações, equipes policiais se deslocaram até o endereço da vítima, mas não encontraram ninguém no local.

No período da noite, sem informações da parente, Rogério buscou o filho de Vanessa com a babá e, desde então, o garoto está na casa do tio-avô.

Foto: Reprodução / RecordTV

Fonte: Imediatoonline.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *