terça-feira, abril 16, 2024
destaques com arte

Enchente no Rio Juruá: Zequinha Lima e Gladson Cameli Monitoram Situação em Cruzeiro do Sul

Fabiano Azevedo do Site Amazônia Agora

Na tarde desta quinta-feira, 29 de fevereiro, o governador Gladson Cameli esteve em Cruzeiro do Sul para avaliar os impactos do transbordamento do Rio Juruá, que já afeta 11 bairros e 5 comunidades rurais do município. A visita ocorreu em meio a preocupações com as possíveis consequências da enchente, embora até o momento não tenham sido registradas famílias desabrigadas.

Acompanhado pelo prefeito Zequinha Lima, Cameli percorreu trechos do rio de barco para observar de perto a situação. O nível do rio atingiu mais de 13,33 metros, causando apreensão na população local. Durante a visita, eles se encontraram com moradores, incluindo o ribeirinho Lelande Costa da Silva, de 47 anos, que demonstrou confiança e determinação em permanecer em sua residência, mesmo diante da adversidade.

Costa da Silva, com sua experiência de vida nas margens do rio, relatou que, apesar das dificuldades, está acostumado a lidar com as enchentes e está pronto para adaptar-se às condições, caso necessário. Ele expressou sua resiliência diante da situação, destacando que sua comunidade possui um conhecimento acumulado ao longo dos anos para lidar com essas eventualidades.

No entanto, há residentes que preferem não arriscar e estão dispostos a se deslocar para abrigos temporários providenciados pelas autoridades locais. Tanto o governador quanto o prefeito garantiram que há uma estrutura adequada montada para auxiliar aqueles que optarem por deixar suas residências, incluindo equipes de resgate, barcos, veículos, alojamentos com alimentação e assistência médica.

O prefeito Zequinha Lima agradeceu a presença do governador Cameli e destacou a prontidão da cidade para lidar com a situação, ressaltando o trabalho conjunto entre as instituições municipais e estaduais. Ele enfatizou a importância da prevenção e da cooperação entre os governos estadual e federal para enfrentar os desafios impostos pela enchente.

Por sua vez, o governador Gladson Cameli expressou sua solidariedade com a população afetada e sua disposição em auxiliar o município nesse momento difícil. Ele enfatizou a importância da união de esforços para superar os desafios e destacou a necessidade de medidas preventivas diante das previsões de um inverno rigoroso.

Diante do cenário, Cameli solicitou àqueles que têm condições que contribuam com doações para ajudar as famílias afetadas pela enchente. Ele assegurou que tanto o Ministério da Integração Nacional quanto o Ministério da Saúde já se prontificaram a prestar assistência. Além disso, informou que a burocracia para decretar estado de emergência já está em andamento e que a situação está sendo monitorada constantemente.

Até o momento da publicação desta matéria, o nível do Rio Juruá permanece em 13,33 metros, ultrapassando a cota de transbordamento de 13 metros. A preocupação persiste, mas as autoridades estão mobilizadas para enfrentar os desafios e prestar assistência à população afetada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *