Você sabe qual é o perfume ideal para cada estação? Veja as dicas da expert
4 mins read

Você sabe qual é o perfume ideal para cada estação? Veja as dicas da expert

Perfume, colônia, body splash… Hoje em dia existem diversas nomenclaturas de produtos e com tempo fixação variado, mas você sabia que algumas fragrâncias mais indicadas para certas estações do ano do que outras?

Isso acontece porque a essência é “ativada” com o suor da pele. Portanto, quanto mais quente o clima, mais presente o cheiro: logo, algumas notas podem se tornar mais “enjoativas” dependendo da temperatura e, é claro, do nível de transpiração de cada indivíduo.

Quem explica todos os detalhes é a avaliadora olfativa Alessandra Tucci. Mas, para começo de conversa, ela deixa claro que tudo não passa de sugestões de aplicação e que, nos últimos anos, outros fatores têm pesado mais na hora de escolher um perfume.

Os produtos com cheiros mais marcantes, por exemplo, se tornaram queridinhos no Brasil inteiro, enquanto os body splashes – feitos para serem opções refrescantes e cítricas – têm ganhado versões adocicadas com as de baunilha.

“Essa definição de perfumes por estações do ano vem sendo desconstruída, especialmente, pela geração Z [nascidos entre 1997 e 2010], mas também pelo consumidor geral. Eles têm preferido perfumes que duram infinitamente e não importa se estão no Nordeste, com altas temperaturas, ou em outras regiões do país”.

 

Um perfume para cada estação

 

Você sabe qual é o perfume ideal para cada estação? Veja as dicas da expert — Foto: Pexels

Você sabe qual é o perfume ideal para cada estação? Veja as dicas da expert — Foto: Pexels

Verão
Como dito anteriormente, a temperatura pode acentuar notas adocicadas, então a dica de Alessandra é investir em opções com toques de âmbar, sândalo e cítricos. Para quem curte o cheirinho de baunilha, existem versões mais suaves ou que equilibra a fragrância com outras mais cítricas. Além disso, vale carregar uma miniatura do perfume na bolsa para reaplicar durante o dia!

“No verão, o calor faz com que o perfume exale e evapore mais rapidamente, mas ao mesmo tempo a oleosidade da pele segura a fragrância. Então o segredinho está em manter a pele hidratada e aplicar o produto em seguida”, explica a expert.

 

Primavera
“Florais na primavera? Que original”, diria a personagem Miranda Priestly, de “O Diabo Veste Prada”. Mas a verdade é que eles reinam mesmo nesta época do ano. Com os termômetros mais amenos e clima menos abafado, aromas de peônias, muguet (lírio do vale), frésia e florais brancos como a flor de laranjeira, tuberosa e ylang-ylang podem trazer frescor e até sensação de relaxamento, devido às propriedades com benefícios terapêuticos.

Outono e Inverno
“O clima mais seco e frio combina com perfumes quentes, amadeirados e orientais”, destaca Alessandra. Portanto, os perfumes gourmands caem como uma luva nessa época: eles misturam notas extremamente doces, frutadas e especiarias mais refinadas, quase como uma sobremesa açucarada.

Produtos com aromas de cacau, chocolate, chocolate meio amargo ou com toque de caramelo também podem ser boas opções durante o frio, já que as chances destes aromas se tornarem enjoativas são menores.

Dicas extras

 

Está na dúvida sobre qual tipo de perfume comprar? Alessandra destaca as diferenças de cada categoria:

  • Eau de cologne: tem concentração de fragrância de até 10% e duração máxima de 6 horas. Por isso, costumam ter preços mais acessíveis e aromas mais discretos.
  • Eau de toilette: tem concentração de fragrância de até 15% e duração máxima de 8 horas, sendo bastante indicado para regiões mais quentes.
  • Eau de Parfum: tem concentração de fragrância entre 20% e 25% e duração máxima de 10 horas. Por causa da alta quantidade de essência, determinados aromas podem ficar acentuados durante as altas temperaturas.
  • Parfum: a concentração começa na casa dos 30%, mas o céu é o limite.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *