segunda-feira, maio 27, 2024
Economia

Passagem aérea ficou 5% mais barata em fevereiro ante mesmo mês de 2023, diz Anac

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) registrou queda de 5% no preço das passagens aéreas vendidas em fevereiro na comparação com o mesmo período de 2023. Os dados divulgados pelo Ministério de Portos e Aeroportos (MPor) destacam que esse foi o quinto mês consecutivo de queda.

O valor médio da passagem comercializada ficou em R$ 566,37, cerca de 5% menor que a verificada em fevereiro do ano passado e a menor tarifa desde junho de 2023. Segundo o levantamento, 57,5% das passagens foram comercializadas em fevereiro até R$ 500, um crescimento de dois pontos porcentuais em relação a fevereiro do ano passado.

Para o MPor, os dados são positivos e vêm em meio ao diálogo permanente entre o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, com as companhias aéreas na busca de passagens mais acessíveis.

A pasta lembra que o governo tem estudado soluções para oferecer crédito necessário para as companhias se fortalecerem, comprando mais aeronaves, o que deverá ampliar o número de voos ofertados.

O MPor diz que também atua para reduzir o custo do querosene de aviação (QAV) e da judicialização, “pontos que ajudam na queda da tarifa aérea no País”.

IBGE

Vale destacar que a metodologia da Anac não é a mesma adotada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e, por isso, os números rotineiramente são diferentes.

Enquanto o IBGE verifica o preço ofertado das passagens em sites das companhias, a Anac considera apenas os bilhetes realmente vendidos

Leia Também: INSS começa a pagar nesta quarta décimo terceiro antecipado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *