terça-feira, abril 16, 2024
destaques com arte

Corretivo: Dependente químico é agredido a ripadas no Preventório

Na tarde desta terça-feira, 27, Vagner Feitosa da Silva, um dependente químico de 35 anos, foi brutalmente agredido a ripadas por membros de uma organização criminosa. O incidente ocorreu na rua Rio Grande do Sul, próximo a um hotel no bairro Preventório, em Rio Branco, deixando a comunidade chocada com a violência dos acontecimentos.

Segundo relatos de testemunhas, Vagner foi encontrado caído na rua por populares que passavam pelo local. Ele teria conseguido comunicar às pessoas que fora submetido a uma espécie de julgamento pelo chamado “tribunal do crime” e condenado a receber um “corretivo”.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e os paramédicos prestaram os primeiros socorros a Vagner, que foi posteriormente encaminhado ao Pronto-Socorro de Rio Branco em estado de saúde estável. De acordo com os profissionais de saúde, a vítima sofreu uma fratura no braço direito e apresentava diversos hematomas pelo corpo, indicativos das agressões sofridas com a ripa.

A Polícia Militar foi chamada e realizou buscas na região em busca dos agressores, porém, até o momento, não obteve sucesso em localizá-los. O caso foi encaminhado para investigação pela Polícia Civil, que agora trabalha para identificar e prender os responsáveis por esse ato de violência.

É importante ressaltar a gravidade desse episódio, que expõe não apenas a vulnerabilidade dos dependentes químicos, mas também a presença e ação de organizações criminosas na região. A comunidade espera que as autoridades ajam com firmeza para garantir que casos como esse não se repitam e que os culpados sejam responsabilizados conforme a lei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *